Turismo receptivo e Passeios em João Pessoa, na Paraíba

Publicado 23/03/2018 18:31:29
Categorias Paraíba

Turismo receptivo e Passeios em João Pessoa, na Paraíba
 

Ecoturismo e Cultura na Paraíba

Encontra aqui os melhores Passeios turísticos: Turismo Receptivo em João Pessoa, excelência em turismo receptivo, com passeios bem diferenciados:

...de ecoturismo no litoral de Jipe 4x4, até turismo cultural no interior, você encontrará aqui o melhor do turismo na Paraíba!

Trabalhamos com VAGAS LIMITADAS  RESERVA com ANTECEDÊNCIA!

 

Destino Paraíba

Sabe aqueles destinos que te surpreendem o tempo todo? Você ainda não conhece o suficiente este paraíso brasileiro!

A Paraíba vem se firmando como o novo destino turístico do país. O estado guarda inestimáveis atrações turísticas de encher os olhos dos viajantes.

João Pessoa, ponto de partida de passeios bate-volta para o estado, tem uma ótima infraestrutura e preços justos: um convite ao turismo!

Difícil não se apaixonar por João Pessoa: povo hospitaleiro, cidade agradável e segura, com ruas arborizadas e orla com prédios de máximo 4 andares.

Jampa é conhecida como a "Porta do Sol" e “Extremo Oriental” onde o sol nasce primeiro, porque é localizada no ponto mais oriental das Américas.

Ás 5h da manhã a orla já fica lotada por pessoas praticando esportes antes de tomar um banho e ir para o trabalho. Isso com o sol o ano todo, e você tem muita qualidade de vida mesmo. :-)

Centro cultural, histórico e gastronômico, a região da capital é também privilegiada pelas belezas naturais de suas praias paradísicas!

 

Culinária paraibana

A culinária paraibana, com pratos sempre bem servidos, é feita com cuscuz, macaxeira, feijão verde, leite de coco, queijo de coalho e tapioca. 

Culinária paraibana

 

Os pratos no litoral são à base de frutos do mar: peixe, camarão, marisco, lagostas e caranguejos, moqueca, e no interior se encontra: galinha "capoeira"(=caipira), a carne de sol e de bode.

Aproveite para experimentar as inúmeras e suculentas frutas da região, a castanha do caju e o amendoim.

 

História de João Pessoa

Terceira cidade mais antiga do Brasil, a capital completará 433 anos de história em 2018 (a cidade foi fundada o dia 04/08/1585).

Frente a todo o litoral, tem uma barreira formada por arrecifes. Quando os Portugueses chegaram com navios pesados, não foram capazes de atingir a costa.

A única passagem possível foi pela saída do rio Paraíba; por isso a capital nasceu a beira dum afluente do rio.

O primeiro nome de Jampa foi "Nossa Senhora das Neves", nome meio engraçado para uma cidade situada perto do equador. ;-)

Desse longo período, Jampa herdou como legado um rico acervo histórico-arquitetônico, cuja parte fica bem preservada.

João Pessoa, chamada carinhosamente de Jampa, é a capital com maior qualidade de vida e menor desigualdade social de todo o Nordeste.

Tão tranquila, verde, e sem engarrafamentos, que nem parece uma capital! :-)

A cidade também é considerada pela ONU a terceira mais verde do mundo, com 20 m² de área verde por habitante, e contém a secunda maior mata atlântica em zona urbana do País.

Gastronomia de qualidade, artesanato e belezas naturais remarcáveis, são os pontos fortes da pequena capital.

As melhores atrações turísticas da capital

Fonte: Paraíba Turismo
 

Jampa tem a melhor relação custo-benefício do Nordeste; é uma capital que respira tranquilidade e beleza.

Não tem como se não apaixonar: João Pessoa traz a combinação perfeita de praias lindas, pontos turísticos históricos, artesanato regional e culinária em conta.

 

Principais passeios | dicas de passeios, pontos turísticos e atrações

Descubra as melhores oportunidades de passeios na Paraíba, com os principais pontos turísticos para conquistar os viajantes, e conhecer os encantos da região: 

 Melhores passeios em João Pessoa

 

O que fazer em João Pessoa em 7 dias?

Turismo na Paraíba: atrações turísticas de encher os olhos dos viajantes passando por lá, monumentos contando o passado, como na cidade tombada de Areia no Brejo, podem ser visitados.

A arquitetura dos casarões seculares, os engenhos artesanais de cana-de-açúcar, a rica cultura da região, a gastronomia local e a vegetação exuberante são os destaques desse charmoso roteiro.

O brejo contém cerca de 300 engenhos que permitem reviver a história da Civilização do Açúcar.

Areia no Brejo - melhores passeios

 

Cidade tombada pelo IPHAN, Areia chamada 'cidade da cultura', possui tesouros culturais e arquitetônicos do passado que demostrem a riqueza cultural do Brejo.

Visitar Areia é como viajar no tempo: pelo fato do trem nunca ter chegado até lá, a cidade parou no passado. Na rua principal com fachadas coloridas, o interior das lojas é de madeira como há 150 anos atrás!

Na saída de Alagoa Grande, indo para Areia, fica o engenho Volúpia de tradição bem antiga; na saída da cidade Areia se encontra o engenho Triunfo mais recente... Os dois empreendimentos são abertos para a visitação.

O clima do Brejo é marcado por uma curiosa inversão de temperatura: indo para o interior a temperatura comece por cair fortemente antes de subir de novo; por isso o percurso é chamado de rota do frio.

Turismo em João Pessoa: terceira cidade mais antiga do país e segunda capital mais verde do mundo, uma caminhada pelo centro histórico revela remarcáveis conjuntos arquitetônicos.

Seu grande patrimônio histórico já é uma atração turística à parte, mas as praias e a organização da cidade, certamente encantarão qualquer turista.

Pérola do barroco tropical, o Centro Cultural São Francisco encanta quem gosta de arte sacra.

A arquitetura da Igreja merece uma parada obrigatória. O local é um complexo histórico extenso, com varias igrejas, e conta com guias especializados. 

Lá, também se encontra o Museu de Arte Popular Brasileira.

Se você goste de Arquitetura, Arte ou Historia, você não pode perder uma visita ao centro histórico /city tour da terceira cidade mais antiga do pais.

Igreja e Conjunto São Francisco - Dicas de passeios

 

Segunda região mais rica no passado, por causa da cana de açucar, o Nordeste atraiu os artistas mais famosos, e isso se reflita nas Artes e na Arquitetura.

Monumentos históricos como o Conjunto São Franciscano e a Igreja de São Frei Pedro Gonçalves refletem a arquitetura barroco tropical e o estilo colonial. Esses edifícios são repletos de obras de arte.

A parte alta da cidade tem uma vista imperdível sobre a mata e o rio Paraíba... parece uma visão do passado. Das janelas do hotel Globo dá como assistir ao mais lindo pôr do sol: é um verdadeiro encantamento!

A Praça João Pessoa ou praça dos três poderes, foi o local de muitos acontecimentos históricos e políticos. O estilo barroco tropical é típico da região; também temos o estilo Colonial, Art Deco, Rococó e Eclético.

Na parte beira mar, o bairro de Tambaú tem calçadão com quiosques animados e passeios de barco para as piscinas naturais de Picãozinho ou do Seixas com corais e peixinhos.

Para chegar as piscinas é preciso pegar um catamarã na praia de Tambaú (duração 3 horas, sendo situadas a 600 metros da costa).

O passeio é feito só com maré baixa, quando os corais aparecem na superfície formando piscinas naturais de águas claras que permitem visualizar peixinhos coloridos.

Conhecido também como Bica, o Parque Arruda Câmara é uma ótima opção para passeios com crianças.

Verdadeiro Santuário Ecológico encravado no centro da capital, e com temperatura mais amena, o parque possui cerca de 500 animais de 80 espécies.

Parque Bica - pontos turísticos de João Pessoa

 

Fundado no dia 24 de dezembro de 1922 no centro da cidade, o parque Arruda Câmara (chamado de Bica por causa duma fonte de água) permita desfrutar de mais de 260 mil m² de mata atlântica preservada.

Os animais que chegam à Bica vêm de outros zoológicos ou de apreensões do tráfico ilegal.

Primeiro eles passam por um centro de triagem animal e permanecem no recinto por causa das condições físicas, ou por não se adaptarem mais à vida na natureza.

O parque zoobotânico Arruda Câmara tem mais de 570 animais, palmeiras e outras espécies nativas e exóticas. Eles recebem tratamento e são acompanhados por veterinários diariamente.

Para os amantes da natureza, as belas praias paraibanas não podem ficar de fora!

Una a tudo isso um solzão, e temos um verdadeiro paraíso. O melhor período é a primavera, quando o mar tem a cor do Caribe.

Um passeio de Jipe é o mais indicado para conhecer as praias, permitindo chegar aos lugares mais lindos do litoral.

Os deslumbrantes cenários das praias do litoral da Paraíba atraem turistas que procuram um destino de sol e praias paradisíacas!

Em apenas 134 km de extensão, o litoral da Paraíba tem bastante diversidade de paisagens.

Barra do Abiai: passeio de Jipe 4x4

 

Falésias, mirantes, praias de coqueiros e mar calmo de cor esmeralda, com piscinas naturais na maré baixa, são alguns dos cenários das praias do litoral sul de João Pessoa.

A beleza das praias é de tirar o fôlego: as paisagens são fantásticas, com praias de águas mornas e cristalinas!

É no município de Conde a 35 quilômetros ao sul de João Pessoa, que ficam 2 joias do litoral da Paraíba: Coqueirinho e Tambaba (essa última sendo a primeira praia de naturismo do Brasil).

Os amantes da natureza não podem perder as praias de Tambaba até a Barra do Abiai no município de Pitimbu a 60 km da capital, acessível só de Jipe 4x4.

 

No litoral norte urbano, até Cabedelo, os principais atrativos são a fortaleza Santa Catarina e a ilha Areia Vermelha, um banco de areia de cor avermelhada que se forma quando a maré é baixa.

Atravessando o rio Paraíba com uma balsa, a gente descubra as praias do litoral norte, em Lucena.

Bem diferenciado do litoral sul e permitindo grandes trechos a beira mar, com praias desertas e água rasa e quente na ponta de Lucena, até chegar (de 4x4) á selvagem barra do Miriri.

Vilarejo de pescadores, Lucena possui um dos maiores coqueirais e uma gastronomia especializada em frutos do mar.

Barra do Miriri: passeio de Jipe 4x4

 

Os sabores exóticos da culinária dependem da região. No litoral, pratos de peixe, camarão, caranguejo e lagosta são os grandes protagonistas.

Já no interior, a carne de sol, a carne de bode e a galinha “capoeira” são mais recorrentes no cardápio.

Uma das festas mais conhecidas do Brasil, o “maior São João do mundo”, acontece a 140 km de João Pessoa em Campina Grande.

O município ganha atenção do estado durante o mês de junho enquanto mais de 300 quadrilhas se apresentam na cidade, fazendo o orgulho do povo paraibano.

Outro espetáculo imperdível, a 8 km ao norte da capital, é o tradicional pôr do sol na praia do Jacaré ao som do bolero de Ravel.

A cerimônia é tão famosa que se tornou Patrimônio Cultural e Imaterial da Paraíba, um espetáculo inesquecível para os olhos e para os ouvidos.

Pôr do sol na praia do Jacaré

 

Ali se encontra o melhor artesanato da Paraíba: o visitante vai se surpreender com o talento e a criatividade dos artesãos paraibanos.

Assistindo ao espetáculo de Catamarã, confortavelmente sentado, você curta também de danças, música regional e tradições nordestinas (comprar os ingressos lá).

A especialidade culinária aqui é a tapioca, bem servida, e com mais de cem sabores!

Os turistas que conhecem o pôr do sol na Praia do Jacaré são encantados com o espetáculo fornecido pelo sol, que se põe enquanto é saudado pelo Bolero de Ravel, que é executado diariamente às margens do Rio Paraíba.

Esse ritual existe há mais de 10 anos... Os 7 minutos do pôr do sol coincidem com a duração da obra de Maurice Ravel, que se termina quando o sol desaparece no horizonte.

Saindo de João Pessoa, você não pode perder um bate-volta até a Barra do Cunhaú e Pipa (RN).

Barra do Cunhaú: mergulhe nas piscinas naturais, tome um banho de rio nas águas verdes do Curimataú e aproveite os bons ventos para velejar.

 

Chegando á Praia da Barra do Cunhaú a impressão é que você está em uma praia deserta de areia fina e branca. O mar é tão tranquilo que parece uma grande lagoa azul.

Conta-se que a Barra do Cunhaú originou-se com a construção de um Fortim, por marinheiros que encalharam o navio, para se abrigarem e se protegerem enquanto aguardavam o resgate.

A vista acima do chapadão de Pipa impressiona pelo visual diferenciado: junção das dunas sobrepostas entre falésias sedimentares e um imenso conjunto verde...

O nome "pipa" deve-se ao fato de que os portugueses ao passar de navio pelas proximidades avistaram uma pedra que lembrava um formato de uma pipa, recipiente para guardar vinho ou água.

Pipa - RN: Pelas trilhas de 4x4, é incomparável!

 

Dicas de viagem

  • Coloque dinheiro e celular num saquinho com uma cordinha por dentro da roupa;
  • Cuidado com o que você ingere na rua: compre alimentos que estejam lacrados, e toma muito cuidado com as barraquinhas: atenção na higiene, não estraga sua estadia!
  • Cuidado inclusive com água “mineral”, não compre de qualquer pessoa;
  • A maré baixa é condição fundamental para alguns passeios: planeja sua viagem em função da tábua das marés;
  • Prefira viajar no período de Lua Cheia ou Lua Nova, em que a maré-baixa acontece na parte da manhã;
  • O melhor período, em relação ao clima, vai de meio setembro até meio dezembro;
  • Não improvisa, pesquisa e reserva com antecedência para garantir os melhores passeios;
  • Sempre saia com um guia de turismo credenciado.
 
Turismo e Passeios por Vicente Paul
Por Vicente Paul

Gostou? Mais aqui!: As Praias de João Pessoa e da Paraíba

 

Compartilha! :-)

Seu comentário:

 (com http://)

1 comentários

Vicente Paul


20/04/2018 16:23:55

A Paraíba como você nunca viu! Vista pelos olhos dum guia de turismo gringo que se apaixonou pelo lugar... Descubra porque não dá como não se apaixonar por João Pessoa.