Alagoa Grande - Teatro Santa Ignêz
    • Alagoa Grande - Teatro Santa Ignêz
    • Sobrado de José Rufino / mercado de escravos
    • Engenho de cachaça Volúpia
    • Engenho de cachaça Volúpia
    • Areia no Brejo

    Passeio dos Engenhos, no Brejo

     

    » Infos, PREÇOS e Marcar

     

    - COMO FUNCIONA, e as infos para MARCAR;
    - os PASSEIOS e os PREÇOS;
    - o detalhe das PRAIAS (no final)

     

    FOTOS de Areia no Brejo

    TODOS OS PASSEIOS

    Rating do serviço
    Faça parte dos milhares de turistas felizes!
    Avaliações: no Google | na Web
     

    O Caminho dos Engenhos, em Areia

     

    DESCRIÇÃO DETALHADA do passeio até Areia

     

    No brejo, o Caminho dos Engenhos permitem vivenciar a história da Civilização do Açúcar. O charme da arquitetura do passado lembra aos visitantes que Areia foi o centro da cultura paraibana no passado.

    A arquitetura dos casarões seculares, os engenhos artesanais de cana-de-açúcar, a rica cultura da região, a gastronomia local e a vegetação exuberante são os destaques desse charmoso roteiro. O brejo contém cerca de 300 engenhos que permitem reviver a história da Civilização do Açúcar.

    Cidade tombada pelo IPHAN, Areia possui tesouros culturais e arquitetônicos do passado que demonstram a riqueza cultural do Brejo. Visitar Areia é como viajar no tempo: pelo fato do trem nunca ter chegado até lá, a cidade parou no passado.

    Na rua principal com fachadas coloridas, o interior das lojas é de madeira como há 200 anos atrás... até tem atendentes centenárias! A noite os moradores saem as cadeiras nas ruas para falar juntos...

    Na saída de Alagoa Grande, indo para Areia, fica o engenho Volúpia de tradição bem antiga; na saída da cidade Areia se encontra o engenho Triunfo mais recente. Os dois empreendimentos são abertos para a visitação.

    O clima do Brejo é marcado por uma curiosa inversão de temperatura: indo para o interior a temperatura comece por cair fortemente antes de subir de novo; por isso o percurso é chamado de rota do frio.

    Com altitude media de 550 m e temperaturas entre 12 e 18 graus de junho a agosto, o Brejo possui paisagens das serras com neblina de manhã, com mata atlântica, rios e cachoeiras. O patrimônio histórico das cidades, berço da cultura na Paraíba, é muito rico.

    Região produtora da rapadura artesanal e da cachaça de alambique. Uma viagem na história da região do Brejo leva aos tempos dos engenhos de cana de açúcar, permitindo ao visitante degustar produtos feitos na hora, e participar da produção.

    Em sua rica herança histórica, encontramos: teatros, plantações, museus, morros e casas que contam a história do estado. Sempre acompanhada da hospitalidade do Brejo e rica gastronomia, acompanhada da melhor cachaça da Paraíba.

    Além do destaque para a cultura, os visitantes também poderão aproveitar sua viagem para conhecer os engenhos produtivos de cachaça e rapadura, experimentar a gastronomia regional, contemplar e conhecer a história do ciclo do açúcar presente nos museus e no casario histórico das cidades do Brejo.

    Devido ao relevo do Brejo, a região possui um clima mais frio. Por causa desse clima e da terra muito fértil, a cidade de Areia no Brejo foi o primeiro lugar na Paraíba onde se desenvolveu a Cultura.

    Devido ao relevo, o trem que foi o motor de desenvolvimento da região no passado nunca chegou até lá, e a cidade de Areia tombada pelo IPHAN, ficou parada no passado...

    Início da página

    Artigos relacionados no Blog